Publicado por Katharyne Bezerra

Folhas cinzentas e flores amareladas. O contraste na coloração da santolina é o que confere tamanha beleza a esta planta que recebe como nome científico o de Santolina chamaecyparissus.

Originada no Mediterrâneo essa erva pode ser encontrada em diversos países do mundo, porém tem maior facilidade em crescer em terreno continental, mediterrâneo, subtropical e tropical. Além disso, para chegar até os seus 40 cm de altura e florescer precisa receber a luz do sol com frequência e está posicionada em uma área rica em água.

Caracterizada pela sua grande capacidade aromática, a santolina possui ainda diversas propriedades medicinais, as quais lhe proporcionam ações capazes de tratar problemas de saúde e a eliminar pragas. Acompanhe este artigo e descubra quais são as particularidades desta erva, como pode ser utilizada e quais os efeitos benéficos que elas causam no organismo humano.

Propriedades medicinais da Santolina

Santolina

Foto: depositphotos

  • Antiespasmódico;
  • Digestivo;
  • Estomacal;
  • Relaxante;
  • Sedativo;
  • Vermífugo.

Benefícios desta planta para a saúde

Para conseguir usufruir das ações benéficas desta planta é necessário utilizar das infusões que podem ser feitas tanto com as folhas, como com as flores. Além do mais, esse mesmo medicamento caseiro e natural pode ser usado no tratamento de distúrbios internos do organismo, problemas externos do corpo e ainda como inseticida de ambientes.

Se o tratamento for feito por ingestão da infusão elaborada por esta planta, o paciente que tiver problemas estomacais como verminoses e má digestão, pode se beneficiar. De maneira externa pode ser utilizada para tratar infecções na pele, para tanto basta que o indivíduo tome um banho com o chá feito através das folhas da santolina.

Além disso, pode servir para repelir insetos e pragas que de vez em quando habitam as residências. Para isso, basta colher as flores da planta e colocá-las em um armário, eliminado assim as traças através de seu aroma.

Veja mais!