Publicado por Redação

Sisymbrium officinale Scopoli é o nome científico dado para a erva-dos-cantores, planta essa que pertence à família das crucíferas. Pode ser facilmente encontrada em terrenos baldios pela Europa, mas está presente, mesmo que em menor escala, em diversos países do mundo, inclusive o Brasil. Também conhecida por erva-rinchão, erísimo, rinchão e erísimo-das-boticas, pode chegar até um metro de altura.

Com um caule rígido e ereto, a planta possui folhas grandes, verde e distribuídas em lóbulos. Também possuem flores, que são da cor amarela e de tamanho relativamente pequeno.

Assim como outros elementos da natureza, a erva-dos-cantores possui propriedades medicinais capazes de proporcionar mais saúde a seus consumidores. Os efeitos benéficos dela estão relacionados a problemas respiratórios.

Erva-dos-cantores

Foto: Reprodução/Wikimedia Commons

Benefícios desta planta

A grande característica na erva-dos-cantores é a presença do óleo essencial sulfurado em sua composição. Essa substância quando entra em contato com mucosa da boca e da faringe provoca uma reação de maior afluxo de sangue e, consequentemente, ajuda a aumentar a expectoração e secreção. Desta forma, pode-se dizer que é um remédio natural excelente para eliminar tosse e bronquite.

Além disso, funciona como anti-inflamatória, diminuindo a rouquidão, dores de garganta e afonia por laringite, quando há inflamação das cordas vocais. Faringite também é outra doença que pode ser eliminada com o consumo desta planta.

Receita de chá com erva-dos-cantores

Para preparar esta bebida serão necessárias 50 g das flores de erva-dos-cantores e um litro de água filtrada. Primeiramente, leve o líquido para o fogo e espere ferver. Após a ebulição, retire o recipiente do fogão e acrescente a planta. Tampe e aguarde por aproximadamente 10 minutos. Em seguida, coe e se preferir adoce com mel, de preferência.

Quem deseja aproveitar os benefícios desta planta pode usar o chá de duas maneiras: de forma interna ou externa. Com a mesma receita é possível tratar problemas de dentro do corpo, basta ingerir até seis xícaras desta bebida por dia. Já se o distúrbio é externo, como a irritação de garganta, a forma de tratamento pode ser a base de bochechos ou gargarejos. Os resultados, entretanto, são melhores quando os tratamentos internos e externos são combinados.

Veja mais!