Publicado por Redação

Com o nome científico de Cinnamomum cassia, a canela da China é uma árvore que pode chegar a 15 metros de altura. Sua casca é cinza e suas folhas tem uma cor avermelhada. O seu nome deriva de uma palavra da Indonésia, que significa madeira doce.

É justamente essa casca, que depois de seca é considerada como especiaria. Ela é muito utilizada no Sul da China e na Indochina, de onde é originária, mas já espalhou por todo o continente asiático, bem como pelo restante dos países do mundo. A sua região de origem é responsável pelo nome popular ao qual ela é mais conhecida.

As propriedades medicinais da canela da China são: sudorífica, aperiente, diurética, estimulante da circulação e como tempero.

Canela da China

Foto: depositphotos

A sua composição é: açúcares, cimeno, benzonato de benzil, furol, linalol, acetato de eugenol, aldeído cinâmico, elegeno, ácido cinâmico, felandreno, goma, aldeído benzênico, sacarose, vanilina, aldeído cumínico, cineol, mucilagem, eugenol, resina, metilacetona, pineno, oxalato de cálcio e tanino.

Recomendação de consumo da Canela da China

O seu consumo é indicado principalmente para problemas de circulação e erupções na pele. Outra recomendação popular é para as pessoas que estão querendo emagrecer, pois a canela da China incluída na alimentação tem uma ação termogênica.

Algumas pessoas recomendam o uso da canela da China para combater a diabetes. Entretanto, não há evidência científica para tal. Na verdade, o que ocorre é que a casca pode reduzir o açúcar no sangue quando a pessoa ainda está em jejum, mas para aquelas pessoas que possuem indicações de diabetes, o seu consumo não influenciaria na redução de açúcar no sangue a longo prazo.

A canela da China faz parte de um grupo de quatro outras espécies de canela, que nasceu em outras partes do mundo. Existe a originária da Arábia, da Etiópia e do Sri Lanka.

Independente da origem, a canela é amplamente consumida, principalmente na culinária e em forma de chá e medicamentos fitoterápicos. Ela já foi a especiaria mais importante da Europa e era um negócio muito lucrativo no Velho Continente em países como Portugal, Holanda e Inglaterra.

Diferença da canela da China para a canela da Índia

Quando você for comprar uma canela, como você distingue uma da outra? A verdade é que existem diferenças sutis entre a canela da China e da Índia, por exemplo. A primeira tem o pau mais escuro e duro do que a canela da Índia. Ele é mais difícil de ser triturado em casa e o ideal é comprar a versão em pó.

Veja mais!