Avelós

Da família Euphorbiaceae, a planta Avelós pode ser conhecida também como aveloz, almeidinha, coral verde, dente de cão, árvore de são Sebastião, árvore de lápis, cega olho, cassoneira, dedinho, coral de cristo, dedo de diabo, pinheirinho, labirinto e muitos outros nomes populares. Embora seja uma planta muito disseminada e comum – principalmente no Nordeste brasileiro – ela não deve jamais ser subestimada. A planta Avelós, embora possua diversas restrições para não ser nociva perante animais, crianças e até alguns adultos desavisados, quando corretamente manejada pode propiciar diversos benefícios para a saúde. Escuta-se por aí que seu consumo é capaz até mesmo de prevenir ou auxiliar na cura do câncer. Para certificar-se do que é verdade e do que é boato, vamos analisar as propriedades da Avelós e seus benefícios.

Avelós

Foto: Reprodução

Propriedades

A planta Avelós possui propriedades antiasmáticas, antibióticas, anticarcinogênicas, antiescorpiônico, antirreumático, antivirótico, expectorante, purgativo, resolutivo, vermicida, antissifilítico e anti-inflamatório.

Constituintes

Hidrocarbonetos terpênicos, óleos essenciais, látex, aldeídos, resina, sapogenina acetatos e beta-sitosterol.

Benefícios

A planta Avelós é rica em látex, que dissolvido em água é indicado para auxiliar no tratamento de tumores. É fato que não se pode dizer ainda que está na Avelós a cura do câncer, pois não existem até o momento estudos conclusivos e definitivos sobre o assunto, mas pode-se afirmar que os pacientes com tumores que fizeram seu uso e foram pesquisados realmente apresentaram melhoras significativas. No entanto, é importante lembrar que o câncer – assim como outras doenças graves, e até mesmo as de menor gravidade – deve ser tratado imediatamente por um médico de confiança.

Seu consumo também é indicado para pessoas que sofrem de distúrbios respiratórios, como sinusite e asma; pessoas que sofreram picadas de escorpião, pois a planta é capaz de interromper o veneno do animal e impedi-lo de se espalhar pelo organismo; aliviar e reduzir tosses, gripes e resfriados; dores musculares e inflamações em geral.

Cuidado

Embora possua muitas propriedades medicinais e efeitos benéficos, o consumo da Avelós deve ser cuidadosamente acompanhado por um médico, corretamente preparado e evitar terminantemente o contato da planta com crianças e animais. O látex puro pode causar graves irritações na pele e nos olhos – podendo causar até mesmo cegueira – além de provocar hemorragias caso seja consumido em excesso.

Modo de preparo

Escolha uma haste grossa da planta Avelós, extraia dela três gotas de látex e coloque num copo com água pura e filtrada. Tampe e deixe descansar por 30 minutos. Após esse período, certifique-se de que as gotas se encontram bem dissolvidas, mexa o fundo do copo e tome uma colher de sopa dessa água, entre quatro e seis vezes por dia. Esse tratamento pode durar duas semanas, para a maioria das enfermidades. Caso o tratamento seja para o câncer, deve ser repetido durante muitos meses, sempre com acompanhamento médico.